O endomarketing é uma estratégia cada vez mais usada por diversas empresas, unindo a área de marketing à gestão de pessoas. Seu foco está nos clientes internos — os colaboradores. O objetivo é mantê-los alinhados, motivados e comprometidos com os resultados desejados.

Para isso, utiliza-se diversas táticas, tais como a disseminação da cultura organizacional e a implementação de benefícios complementares. Assim, é possível transformar os profissionais em verdadeiros embaixadores da marca, que vestem a camisa do negócio.

Pensando nisso, criamos um post especialmente para você. Hoje vai conhecer 4 dicas para investir no endomarketing e manter os profissionais engajados. Continue lendo nosso post e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

1. Crie ações que encantem os funcionários

Já parou para refletir sobre a importância dos seus colaboradores? São eles que atendem aos clientes finais e tornam os processos diários possíveis. Sabendo disso, algumas das maiores companhias do mundo investem em ações para encantá-los.

Um exemplo simples e interessante é o da Fiat, fabricante italiana de carros. Nela, os colaboradores são os primeiros a realizarem testes drive nos lançamentos.

Para criar uma ação nessa proporção é preciso ser bastante criativo, então comece a pensar “fora da caixa”. Realize algumas reuniões de brainstorming com os líderes da sua empresa e incentive-os na busca por ideias inusitadas.

2. Aprimore o processo interno de comunicação

Não é difícil ver empresas que investem milhões na comunicação com seus clientes externos, contudo esquecem-se dos funcionários da empresa. Quando há comunicação, é possível manter cada profissional mais informado, alinhado e motivado.

A melhoria do diálogo deve acontecer em dois níveis: o primeiro, de conscientização interna, fazendo com que cada líder e operário se comprometa com o assunto; o segundo, de implementação de novos canais de comunicação, sendo os mais comuns:

  • TV corporativa;

  • mural de recados;

  • redes sociais corporativas;

  • aplicativos mobile;

  • intranet.

3. Estabeleça uma carteira de benefícios

Alguns benefícios são exigidos por lei, tais como: férias, seguro-desemprego, décimo terceiro salário e FGTS. No entanto, é cada vez mais comum a implementação de benefícios complementares, capazes de satisfazer e motivar os funcionários. Veja os principais:

  • plano de saúde;

  • vale alimentação e refeição;

  • vale cultura;

  • seguro de vida;

  • plano odontológico.

Para facilitar e potencializar a administração dos benefícios, é possível contar com o auxílio de uma agência especializada. Dessa forma, será possível focar na atividade-fim da empresa, terceirizando toda a implementação e manutenção dos benefícios.

4. Dissemine a cultura organizacional

A cultura de uma empresa é composta pelo conjunto dos hábitos e crenças que são abraçados pelos funcionários. Com uma boa cultura, é possível manter toda a equipe focada no que é realmente importante para a empresa.

Para isso, pode-se começar com a declaração de missão, visão e valores da companhia. Dessa forma, é possível desenvolver uma identidade mais clara, assim cada funcionário vai entender porque a empresa existe, onde quer chegar e quais princípios devem abraçar.

Veja, são dicas que podem ser facilmente aplicadas. Então, não perca tempo, comece agora a investir no engajamento dos seus funcionários. Assim, todo o negócio será beneficiado.

Agora que está por dentro do assunto e sabe como investir no endomarketing, aproveite para multiplicar esse conhecimento. Compartilhe nosso post em suas redes sociais e permita que seus amigos também fiquem por dentro do assunto. Vamos lá!