A retenção de talentos em um negócio é algo desejável e fundamental, principalmente para evitar o turnover — ou seja, a saída constante de funcionários pelos mais diversos motivos, entre eles, principalmente, a insatisfação com o ambiente de trabalho.

Por isso, é importante que você busque formas de atrair o colaborador, de forma a fazê-lo “vestir a camisa” da empresa e encontrar satisfação durante a execução das atividades.

Um dos mecanismos para isso é realizar uma boa gestão dos benefícios oferecidos. Um bom salário pode ser um grande motivador, mas os benefícios concedidos podem auxiliar bastante. Veja como isso ajuda no trabalho de conquista do trabalhador.

Aumenta a retenção de talentos por meio da sensação de valorização

Funcionários que se sentem valorizados tendem a permanecer no local em que trabalham. Essa sensação gera afeto pelo ambiente de trabalho. Além de reter a pessoa na empresa, isso permite que ela se sinta mais feliz durante a execução das suas tarefas.

Se, por exemplo, é oferecido benefícios como vale-alimentação, vale-transporte, vale-cultura, plano de saúde, entre outros menos usuais, a pessoa sentirá que a empresa não quer apenas alguém para a execução das tarefas cotidianas, mas que também se preocupa com a saúde e bem-estar dela.

Estimula a mudança de comportamento do colaborador

Benefícios motivam colaboradores a se tornarem cada vez melhores. Isso é nítido em casos de incentivo à qualificação, por exemplo. Quando ele percebe que poderá ter uma porcentagem de aumento ao investir em uma especialização, buscará melhorar seus conhecimentos.

O funcionário é beneficiado e a empresa também, que terá uma pessoa com conhecimentos atualizados e mais especializada para exercer determinada função.

O mesmo vale em casos de promoção estipulada em planos de carreira. Aqueles que desejam subir de cargo oferecerão mudanças de comportamento para demonstrarem serem aptos para a nova função.

Garante um maior rendimento do funcionário

Essas mudanças de comportamento que citamos anteriormente ajudam a garantir um maior rendimento do colaborador.

É comprovado que funcionários mais felizes no ambiente de trabalho têm um rendimento muito maior. Algumas empresas sentem melhoria de até 50% na produtividade após incluir mudanças a fim de melhorar a satisfação daqueles que trabalham na organização.

Diminui afastamentos por problemas de saúde

Uma boa gestão de benefícios diminui, também, os afastamentos por problemas de saúde. Isso perpassa não só ao oferecer planos e seguros, mas também por meio de outros benefícios.

Por exemplo, muitas empresas oferecem vale-academia (ou atividades semelhantes), para que seus colaboradores possam investir em atividades físicas que diminuirão problemas de sedentarismo, riscos de doenças cardiovasculares, afastamentos por dores nas articulações de joelho e de coluna, entre outros.

Fortalece a cultura organizacional

Ao oferecer bons benefícios para seus funcionários e torná-los mais satisfeitos, melhora-se a cultura organizacional. Isso porque a imagem que terão da empresa será diferenciada.

Dessa forma, ele será incentivado a encarar o trabalho como um ambiente no qual não está indo apenas para garantir sua subsistência, mas que quer construir e melhorar o local para que possa crescer junto com ele. Com isso, todos ganham.

Assim, mostra-se importante pensar em uma gestão de benefícios otimizada, estratégica e eficiente. Ganha o colaborador e ganha o negócio! Quer mais dicas como essa? Assine nossa newsletter e recebe nossas atualizações diretamente em seu e-mail.