Os benefícios para funcionários são grandes fatores de motivação para atrair e reter talentos pois representam tranquilidade para focar no trabalho.

É preciso entender os motivos pelos quais as pessoas trabalham, o que as deixam motivadas e, a partir dessa constatação, formar uma estrutura de remuneração e uma política de benefícios que permitirá que os colaboradores tenham suas necessidades atendidas a um menor custo para a empresa.

Pensando nisso, elaboramos este artigo com dicas para que você possa criar um pacote de benefícios competitivo com baixo custo. Acompanhe!

Qual importância dos programas de benefícios?

Os programas de benefícios são importantes ferramentas para reter talentos, o que, por sua vez, custa menos do que contratar outros. Em suas diversas formas, eles materializam um elemento motivacional — e esse é um dos motivos para que colaboradores continuem trabalhando na mesma empresa.

Além disso, esse investimento reflete diretamente no aumento da produtividade, no fluxo de caixa e na redução do turnover, já que o trabalhador resiste em abrir mão das vantagens oferecidas.

O que fazer para reduzir custos com pacote de benefícios?

A implantação de um pacote de benefícios reduz o custo tributário incidente sobre a folha de pagamento, por exemplo. Como isso acontece? É simples, benefícios não têm incidência tributária, o que permite que o empregado tenha mais dinheiro de verdade, diminuindo o passivo trabalhista da empresa e fazendo justiça social.

Também é possível reduzir custos com planos de saúde. Uma das maneiras é adotar o sistema de coparticipação, em que os colaboradores têm que pagar um percentual sobre o valor de determinados procedimentos, o que inibe o seu uso indiscriminado.

Outra medida é contratar operadoras regionais, considerando a residência dos funcionários. E, se a empresa tem diferentes perfis de colaboradores. pode contratar mais de uma fornecedora, podendo negociar melhor os valores.

A empresa também pode incluir uma série de iniciativas simples e eficientes, voltadas para o bem-estar dos empregados que comprovadamente trazem benefícios para as pessoas e o negócio. Desse modo, em vez de apenas assegurar atendimento em caso de doenças, a companhia pratica a prevenção e, consequentemente, diminui o índice de utilização do plano de saúde.

Como implementar uma boa política de benefícios?

Ao implementar uma política de benefícios é fundamental que a empresa oferte benefícios de qualidade, que agreguem valor ao funcionário. Avalie o perfil dos colaboradores para compreender de que maneira eles são motivados e o que realmente é interessante para eles e verifique a viabilidade da adoção de determinados benefícios conforme a legislação para evitar prejuízos.

Defina as regras

A definição das regras é imprescindível para a eficiência e eficácia da política de benefícios. Defina sobre sua flexibilidade (o funcionário pode escolher entre as opções disponíveis) ou rigidez (é igual para todos, sem possibilidade de alterações) para que não haja dúvidas ou más interpretações.

Em ambos os casos, defina também os critérios de avaliação de desempenho e premiação. Os funcionários devem saber exatamente o que fazer para obterem seus benefícios.

Selecione os benefícios

A seleção dos benefícios a serem oferecidos deve ser estratégica. Porém, também deve estar alinhada ao que os empregados desejam e ao que a empresa pode pagar.

Nesse sentido, tente atender às necessidades da maioria dos profissionais, incluindo opções como:

  • plano de saúde;

  • plano odontológico;

  • vale-refeição e vale-alimentação;

  • convênio com farmácias;

  • cursos internos de capacitação e treinamento;

  • descontos para adquirir produtos e serviços da empresa.

Esses e muitos outros benefícios podem ser oferecidos, conforme o perfil de cada instituição.

Adote a meritocracia

Na prática, a meritocracia funciona de maneira mais democrática. As distinções feitas entre os funcionários são apenas de cunho profissional, sem que outros fatores influenciem na qualidade de seu desempenho.

Ela ajuda a identificar onde estão os talentos e a recompensá-los por isso, levando-os a se sentirem motivados e a continuar trabalhando mais e melhor, fazendo com que a empresa aumente sua produtividade e lucratividade.

Por fim, considere atualizar sua política de benefícios sempre que necessário, adaptando as vantagens oferecidas e mantendo a motivação de seus colaboradores.

Gostou do artigo? Que tal adotar um pacote de benefícios para seus funcionários? Entre em contato com a Divicom e saiba tudo sobre soluções criativas e econômicas para a sua empresa!