Diante dos desafios da mão de obra qualificada, as empresas buscam recrutar cada vez mais talentos e se desdobram para manter esses profissionais na empresa por meio da oferta de benefícios que vão além do obrigatório.

Muitos gestores ainda precisam entender a importância de propor boas condições para sua equipe ser mais produtiva e ficar mais motivada, com o intuito de levar a empresa ao crescimento e à conquista de um diferencial competitivo. Dessa forma, os benefícios são vistos como investimentos e não como custos extras.

Se você possui uma empresa de pequeno porte e tem dúvidas de como os benefícios trabalhistas podem motivar seus funcionários, continue a leitura e descubra mais sobre as vantagens de se investir em sua equipe!

Por que oferecer benefícios trabalhistas?

Os benefícios trabalhistas possuem como finalidade: a retenção de funcionários; atração de talentos; melhoria da produtividade dos colaboradores; aprimorar a imagem da empresa; oferecer qualidade de vida aos empregados; diminuir custos relativos à rotatividade, que, consequentemente, reduz os gastos com admissão, treinamento e capacitação de pessoas.

Quando sua empresa demonstra preocupação com o bem-estar da equipe e oferece benefícios que trazem qualidade para ela e sua família, a organização consegue aumentar a motivação dos trabalhadores, uma vez que os empregados se sentem mais valorizados, empenhando-se mais.

Gerenciamento de custos dos benefícios

De nada adianta sair oferecendo diversos privilégios para seus funcionários se você não está atingindo seu público como deveria. Por isso, realize um levantamento estatístico dos benefícios que estão sendo promovidos e quais não têm sido tão atrativos como deveriam, além de medir a satisfação dos funcionários com cada benefício concedido.

Dessa forma, você poderá cortar gastos com aquelas regalias que não estão sendo utilizadas pelos funcionários e conseguirá investir em outras que melhor atenderiam às necessidades da equipe. Quando existe um número maior de funcionários utilizando o mesmo benefício, a empresa pode negociar parcerias com organizações do mesmo ramo a fim de ganhar mais descontos ou planos mais atrativos.

Exemplos de benefícios trabalhistas

Existem diversos tipos de benefícios trabalhistas que podem ser investidos conforme o capital da empresa e de acordo com as necessidades dos trabalhadores. Além dos benefícios obrigatórios por lei, como o salário, férias, adicional noturno, 13º salário e pagamento de horas extras, há também os optativos:

  • Seguro de vida, plano de saúde, plano odontológico;
  • Descontos em academia e ginástica laboral;
  • Vale transporte, vale alimentação, cesta básica, auxílio creche;
  • Participação nos lucros e 14º salário;
  • Horários flexíveis.

É importante ressaltar que, embora apareçam como benefícios optativos, alguns deles podem ser obrigatórios conforme o sindicato da categoria. Por isso, faça sempre pesquisas junto ao sindicato para não ter problemas trabalhistas.

Caso você tenha dúvidas de quais benefícios ofertar e como divulgar para sua equipe, trabalhe juntamente com o RH de sua empresa para melhorar os resultados. Contudo, se você tem dificuldade e sua empresa não possuir o setor de recursos humanos, é interessante buscar auxílio em empresas especializadas em administração de benefícios, que podem reduzir seus custos e garantir a qualidade de vida de seus funcionários.

Agora que você já sabe da importância dos benefícios trabalhistas e como eles podem influenciar no rendimento da equipe, deixe seu comentário aqui no blog e conte para nós suas dúvidas ou experiências no assunto!